SOBRE



MAURÍCIO WALDMAN é jornalista (MTb. 79.183-SP), antropólogo, pesquisador, conferencista, editor, consultor ambiental, professor universitário e Coordenador Editorial de Projetos da Editora Kotev.

Como ativista, Waldman distinguiu-se em diversas mobilizações, em especial no movimento ambientalista. Waldman foi colaborador de Chico Mendes, participando em entidades e organizações como o Comitê de Apoio aos Povos da Floresta, Centro de Estudos Africanos da Universidade de São Paulo, Conselho de Acompanhamento e Fiscalização do Reator Nuclear do Projeto ARAMAR (SP)  e Centro Ecumênico de Documentação e Informação (CEDI, São Paulo e Rio de Janeiro).

Ademais também participou de mobilizações em favor dos catadores, atingidos por barragens, em defesa da reciclagem, em prol das energias alternativas e pela preservação dos recursos hídricos.

Maurício Waldman foi destacado no ano de 2004, em enquete do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP), como um dos trinta ambientalistas históricos do Estado de São Paulo.

Em 2010, a partir de avaliação de pesquisadores dos Estados Unidos, Waldman integrou lista de 96 personalidades brasileiras de origem judaica, publicada por Books LLC (Estados Unidos: Memphis, Tenneesee, 2010) sob o título Brazilian Jews.

Waldman foi Coordenador de Meio Ambiente em São Bernardo do Campo, Chefe da Coleta Seletiva de Lixo da capital paulista, Diretor da Escola de Crianças de Rua de São Paulo, da Escola da Fundação Estadual do Bem Estar do Menor (FEBEM-SP) e Editor da Associação dos Geógrafos Brasileiros, Seção Local São Paulo (AGB-SP).

Maurício Waldman já colaborou com a mídia impressa em diversas modalidades. Foi colunista, articulista e/ou colaborador da Agência Ecumênica de Notícias, do jornal Diário do Grande ABC, Folha de São Paulo (Seção do Grande ABC), revista Tempo & Presença, site da Editora Cortez, boletim Linha Direta, revista Teoria & Debate, revista Ambiente Urbano, site do Prof Assessoria em Educação, site Cultura Verde,  Secretaria de Comunicação de São Bernardo do Campo, jornal O Imparcial, revista Brasil-África Magazine, Revista Contemporartes (Curitiba, Paraná), Instituto Portal Afro (São Paulo, SP) e revista Cultura (Luanda, República de Angola).

Autor de 22 livros e capítulos de livro, 14 ebooks e de mais de 700 artigos, textos acadêmicos e pareceres de consultoria, Waldman também traduziu duas obras clássicas: El Ecologismo de los Pobres - Conflictos Ambientales y Lenguajes de Valoración (de Joan Martínez Alier) e com a colaboração da filósofa Bia Costa, Fifty Major Philosophers (de Diané Collinson).

Waldman desenvolveu uma carreira acadêmica plural e interdisciplinar, com contribuições nas áreas da antropologia, geografia, sociologia e das relações internacionais. É Graduado em Sociologia (USP, 1982), Licenciado em Geografia Econômica (USP, 1983), Mestre em Antropologia (USP, 1997), Doutor em Geografia (USP, 2006), Pós Doutor em Geociências (UNICAMP, 2011), Pós Doutor em Relações Internacionais (USP, 2013) e Pós Doutor em Meio Ambiente (PNPD-CAPES, 2015).

Temas principais: Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Resíduos Sólidos, Cartografia Histórica, Matriz Energética, Espaço-Tempo, Urbanização, Globalização, Africanidades, Cerâmica Vermelha, Religião, Topologia, Ecologia Doméstica e Imaginário.

Campos de Interesse Disciplinar: Antropologia, Geografia, Relações Internacionais, Cartografia, Educação, Economia dos Materiais, Sociologia e Gastronomia.


MAIS INFORMAÇÃO
Plataforma Lattes-CNPq: http://lattes.cnpq.br/3749636915642474
FAPESP: https://bv.fapesp.br/pt/pesquisador/106666/mauricio-waldman/
Maurício Waldman - Textos Masterizados: http://mwtextos.com.br/
Portal do Professor Maurício Waldman: www.mw.pro.br
Biografia Wikipédia (English): https://en.wikipedia.org/wiki/Maur%C3%ADcio_Waldman
Blog Pessoal: http://mauriciowaldman.blogspot.com.br/
E-Mail: mw@mw.pro.br

0 comentários:

Postar um comentário